Doha, que significa “árvore grande”, é a capital de Qatar e onde tudo acontece, sendo o principal centro econômico, financeiro e cultural.

Na realidade, quando resolvemos viajar para o Oriente Médio, não imaginava conhecer este país, muito menos Doha, mas como o meu avião fazia conexão e teríamos que permanecer no local por mais de um dia, ou escolheríamos conhecer ou ficaríamos no hotel.

Um fato interessante, que acontece nos hotéis do Oriente Médio, é pedirem ao casal a certidão de casamento, caso os sobrenomes sejam diferentes nos documentos, para certificar se realmente são casados. Caso contrário, vão ter que dormir em quartos separados.

Assim que eu e meu marido chegamos ao hotel e nos estabelecemos no mesmo quarto, hehehe… Comecei a pesquisar sobre a região e o que poderíamos fazer.

A surpresa foi grande por encontrar vários pontos turísticos. Listei alguns mais interessantes no meu ponto de vista e para minha surpresa, amei cada lugar que conheci.

Quer ainda saber se vale a pena conhece-la? Vem qu’eu te levo para:

Ver, mesmo que de longe, Doha Skyline é ver todo poder e glória de Qatar  em uma só região. Seus exagerados arranha-céus tornam-se totalmente iluminados e de cores espetaculares ao cair da noite. Tivemos a oportunidade de ver todo esse esplendor do Doha Corniche.

O Doha Cornishe é um enorme calçadão, onde você pode fazer caminhadas e, ao mesmo tempo, contemplar os famosos arranha-céus de Doha. Se você estiver fazendo esse passeio no verão, recomendo realizá-lo ao entardecer, pois o calor não estará tão bravo. Além disso, você pode pegar um passeio de barco para contemplar melhor esse pôr do sol.

Cai na besteira de fazer esse passeio à tarde, o sol estava a “milhão”, mas pelo jeito, para a mulheres qataris, esse calor, não era empecilho. Vi várias fazendo “altas” caminhadas e ainda com Hijabs e abayas. =O

*Hijabs são véus que cobrem cabelos e pescoço e deixa o rosto descoberto; e as abayas são os vestidos pretos, largos e compridos.

O banheiro público dessa área me deixou boquiaberta, não somente pela limpeza, mas pela modernidade. Assim que se encosta a porta abre e fecha automaticamente. Ao lado do vaso, tem um sensor que indica um tempo de 20 minutos, que a porta do banheiro ficará fechada. Se terminar antes, é só apertar o botão do painel que a porta é liberada. Afff, e pensar nos  banheiros públicos do Brasil.

Souq Waqif – é um dos espaços mais antigo da região e está à beira do Doha Cornishe. O legal é, que até hoje, existe um cuidado muito especial de preservar as características dos mercadões antigos do Médio Oriente.

Nesta região, você vai encontrar de tudo MESMO: desde especiarias, artesanatos, tapeçaria, decoração, souvenir, vestuário, acessórios, joalherias até venda de falcões… Isso mesmo falcões, é o Falcon Souq, área dedicada à venda, treinamento e cuidado dos bichinhos e possui até um hospital 5 estrelas paras eles. O cuidado é tanto, que esse hospital tem um banco de pena, caso a ave fica despenada por algum motivo.

 

Um dos momentos mais prazerosos desse passeio foi passar um tempo em um dos restaurantes da região; jantamos e depois, ficamos sentados na mesa da calçada, olhando as pessoas passarem, bebendo Mint Limonade e fumando Shisha (narguilé), já que é proibida a venda de bebidas alcoólicas nos estabelecimentos.

Cheguei a comprar uma especiaria com cardamomo no mercado, que jamais esquecerei o sabor que dava a qualquer comida, infelizmente não encontrei nada semelhante, aqui no Brasil. Mas, juro, que se eu tiver a oportunidade de voltar, trarei uma mala inteira desse tempero divinooo. =P

O Museu de Arte Islâmica é uma construção situada às margens da baía de Doha. O projeto arquitetônico, por si só, já vale a visita. O segundo e terceiro andar abrigam um valiosíssimo acervo, com obras e peças Islâmicas da Ásia Central, Irã, Síria, Egito e Turquia.

           

No dia seguinte, como tínhamos até a parte da tarde livre, resolvemos conhecer o Shopping Villagio Mall. O shopping inteiro simula Veneza e seu altíssimo teto imita um céu azul, dando a impressão que você esta em céu aberto.

 

Estando lá, não deixe de fazer o passeio de gôndola em um canal de mais de 150m e depois comer em um dos inúmeros restaurantes.

Se você tiver mais tempo e gostar de shopping, tem o The Pearl, o mais novo megaempreendimento em uma das regiões mais novas de Doha, aterrada artificialmente e, que tem como vizinhos, uma área residencial chiquérrima e Marina.

Adjacente ao Shopping Villagio Mall, temos o Aspire Zone ou também chamada Cidade Esportiva de Doha. Ela abriga a mais alta torre de Doha, a Aspire Tower e esse complexo terá um papel importantíssimo na Copa do Mundo de 2022, no qual Doha sediará.

A Aspire Zone é uma área gigante e possui um parque com gramado abundante e árvores incomuns, contrastando com o deserto que o rodeia. Realmente um espetáculo a parte para os visitantes!

Famílias inteiras passam o dia no parque, onde adultos fazem piquenique e crianças brincam em um playground muito bacana. Ao entardecer, pode-se escolher um restaurante em torno da região, tem várias opções gastronômicas.

Fui embora de Doha, achando que poderia ter feito mais, e poderia sim…entretanto, com o tempo limitado que tínhamos, a escolha dos passeios foi acertada. Quem sabe, quando eu voltar para buscar minha especiaria, faço mais alguns…=D

 

 Para mim, viajar é colecionar momentos inesquecíveis, memórias e lembranças que te fazem sempre sorrir. Amo tanto tudo isso, que esse blog nasceu com o propósito não só de poder compartilhar lugares e dicas, mas de trazer para você cada emoção e o encanto que esse mundo de Deus nos reserva.

Siga o Vem, qu’eu te levo no: Facebook  |  Instagram  |  twiter  |  youtube

Leia também:

 Vem, qu’eu te levo para Dubai

Não deixe de conhecer Abu Dhabi

– Ferrari world abu dhabi em alta velocidade

– 5 dicas imperdíveis para não passar apuros em Dubai

Gostou do post? Deixe seu comentário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui